operator — Operadores padrão como funções

Código-fonte: Lib/operator.py


O módulo operator exporta um conjunto de funções eficientes correspondentes aos operadores intrínsecos do Python. Por exemplo, operator.add(x,y) é equivalente à expressão x+y. Muitos nomes de função são aqueles usados para métodos especiais, sem os sublinhados duplos. Para compatibilidade com versões anteriores, muitos deles têm uma variante com os sublinhados duplos mantidos. As variantes sem os sublinhados duplos são preferenciais para maior clareza.

As funções se enquadram em categorias que realizam comparações de objetos, operações lógicas, operações matemáticas e operações de sequência.

As funções de comparação de objetos são úteis para todos os objetos e são nomeadas após os operadores de comparação que os mesmos suportam:

operator.lt(a, b)
operator.le(a, b)
operator.eq(a, b)
operator.ne(a, b)
operator.ge(a, b)
operator.gt(a, b)
operator.__lt__(a, b)
operator.__le__(a, b)
operator.__eq__(a, b)
operator.__ne__(a, b)
operator.__ge__(a, b)
operator.__gt__(a, b)

Executa “comparações ricas” entre a e b. Especialmente, lt(a, b) é equivalente a a < b, le(a, b) é equivalente a a <= b, eq(a, b) é equivalente a a == b, ne(a, b) é equivalente a a != b, gt(a, b) é equivalente a a > b e ge(a, b) é equivalente a a >= b. Observe que essas funções podem retornar qualquer valor, que pode ou não ser interpretável como um valor booleano. Consulte Comparações para obter mais informações sobre comparações ricas. Como as funções de comparação de objetos são úteis para todos os objetos e são nomeados pelos sistemas de comparação.

As operações lógicas também são geralmente aplicáveis a todos os objetos e suportam testes de verdade, testes de identidade e operações booleanas:

operator.not_(obj)
operator.__not__(obj)

Retorna o resultado de not obj. (Veja que não existe nenhum método __not__() para a instância do objetos; apenas o núcleo do interpretador definirá esta operação. O resultado será afetado pelos métodos __bool__() e __len__().)

operator.truth(obj)

Retorna True se o obj for True, e False caso contrário. Isso é equivalente a utilizar a construção bool.

operator.is_(a, b)

Retorna a is b. Testa a identidade do objeto.

operator.is_not(a, b)

Retorna a is not b. Testa a identidade do objeto.

As operações matemáticas bit a bit são as mais numerosas:

operator.abs(obj)
operator.__abs__(obj)

Retorna o valor absoluto de obj.

operator.add(a, b)
operator.__add__(a, b)

Retorna a + b, onde a e b são números

operator.and_(a, b)
operator.__and__(a, b)

Retornar bit a bit de a e b.

operator.floordiv(a, b)
operator.__floordiv__(a, b)

Retorna a // b.

operator.index(a)
operator.__index__(a)

Retorna a convertendo para um inteiro. Equivalente a``a.__index__()``.

Alterado na versão 3.10: O resultado sempre tem o tipo exato int. Anteriormente, o resultado poderia ter sido uma instância de uma subclasse de int.

operator.inv(obj)
operator.invert(obj)
operator.__inv__(obj)
operator.__invert__(obj)

Retorna o inverso bit a bit do número obj. Isso equivale a ~obj.

operator.lshift(a, b)
operator.__lshift__(a, b)

Retorna a deslocado para a esquerda por b.

operator.mod(a, b)
operator.__mod__(a, b)

Retorna a % b.

operator.mul(a, b)
operator.__mul__(a, b)

Retorna a * b, onde a e b são números

operator.matmul(a, b)
operator.__matmul__(a, b)

Retorna a @ b.

Novo na versão 3.5.

operator.neg(obj)
operator.__neg__(obj)

Retorna obj negado (-obj).

operator.or_(a, b)
operator.__or__(a, b)

Retorna bit a bit de a e b.

operator.pos(obj)
operator.__pos__(obj)

Retorna obj positivo (+obj).

operator.pow(a, b)
operator.__pow__(a, b)

Retorna a ** b, onde a e b são números.

operator.rshift(a, b)
operator.__rshift__(a, b)

Retorna a deslocado para a direita por b.

operator.sub(a, b)
operator.__sub__(a, b)

Retorna a - b.

operator.truediv(a, b)
operator.__truediv__(a, b)

Retorna a / b onde 2/3 é .66 em vez de 0. Isso também é conhecido como divisão “verdadeira”.

operator.xor(a, b)
operator.__xor__(a, b)

Retorna o OU exclusivo bit a bit de a e b.

Operações que funcionam com sequências (algumas delas com mapas também) incluem:

operator.concat(a, b)
operator.__concat__(a, b)

Retorna a + b para as sequências a e b.

operator.contains(a, b)
operator.__contains__(a, b)

Retorna o resultado do teste b in a. Observe os operandos invertidos.

operator.countOf(a, b)

Retorna o número de ocorrências de b em a.

operator.delitem(a, b)
operator.__delitem__(a, b)

Remove o valor de a no índice b.

operator.getitem(a, b)
operator.__getitem__(a, b)

Retorna o valor de a no índice b.

operator.indexOf(a, b)

Retorna o índice da primeira ocorrência de b em a.

operator.setitem(a, b, c)
operator.__setitem__(a, b, c)

Define o valor de a no índice b para c.

operator.length_hint(obj, default=0)

Retorna um comprimento estimado para o objeto o. Primeiro tente retornar o seu comprimento real, em seguida, uma estimativa utilizando object.__length_hint__(), e finalmente retorna o valor padrão.

Novo na versão 3.4.

O módulo operator também define ferramentas para procura de itens e atributos generalizados. Estes são úteis para fazer extração de campo rapidamente como argumentos para a função map(), sorted(), itertools.groupby(), ou outra função que espera um argumento de função.

operator.attrgetter(attr)
operator.attrgetter(*attrs)

Retorna um objeto chamável que pode buscar o attr do seu operando. Caso seja solicitado mais de um atributo, retorna uma tupla de atributos. Os nomes dos atributos também podem conter pontos. Por exemplo:

  • Depois de f = attrgetter('name'), a chamada a f(b) retorna b.name.

  • Depois de f = attrgetter('name', 'date'), a chamada a f(b) retorna``(b.name, b.date)``.

  • Depois de f = attrgetter('name.first', 'name.last'), a chamada a f(b) retorna (b.name.first, b.name.last).

Equivalente a:

def attrgetter(*items):
    if any(not isinstance(item, str) for item in items):
        raise TypeError('attribute name must be a string')
    if len(items) == 1:
        attr = items[0]
        def g(obj):
            return resolve_attr(obj, attr)
    else:
        def g(obj):
            return tuple(resolve_attr(obj, attr) for attr in items)
    return g

def resolve_attr(obj, attr):
    for name in attr.split("."):
        obj = getattr(obj, name)
    return obj
operator.itemgetter(item)
operator.itemgetter(*items)

Retorna um objeto chamável que busca item de seu operando usando o operando do método __getitem__(). Se múltiplo itens são especificados, retorna uma tupla de valores da pesquisa. Por exemplo:

  • Depois de f = itemgetter(2), a chamada a f(r) retorna r[2].

  • Depois de g = itemgetter(2, 5, 3), a chamada a g(r) retorna (r[2], r[5], r[3]).

Equivalente a:

def itemgetter(*items):
    if len(items) == 1:
        item = items[0]
        def g(obj):
            return obj[item]
    else:
        def g(obj):
            return tuple(obj[item] for item in items)
    return g

Os itens podem ser qualquer tipo aceito pelo método __getitem__(). Os dicionários aceitam qualquer valor hashable. Listas, tuplas e strings aceitam um índice ou uma fatia:

>>> itemgetter(1)('ABCDEFG')
'B'
>>> itemgetter(1, 3, 5)('ABCDEFG')
('B', 'D', 'F')
>>> itemgetter(slice(2, None))('ABCDEFG')
'CDEFG'
>>> soldier = dict(rank='captain', name='dotterbart')
>>> itemgetter('rank')(soldier)
'captain'

Exemplo de uso itemgetter() para recuperar campos específicos de um registro de tupla:

>>> inventory = [('apple', 3), ('banana', 2), ('pear', 5), ('orange', 1)]
>>> getcount = itemgetter(1)
>>> list(map(getcount, inventory))
[3, 2, 5, 1]
>>> sorted(inventory, key=getcount)
[('orange', 1), ('banana', 2), ('apple', 3), ('pear', 5)]
operator.methodcaller(name, /, *args, **kwargs)

Retorna um objeto chamável que invoca o método name em seu operando. Se argumentos adicionais e/ou argumentos de keyword forem fornecidos, os mesmos serão passados para o método. Por exemplo:

  • Depois de f = methodcaller('name'), a chamada a f(b) retorna b.name().

  • Depois de f = methodcaller('name', 'foo', bar=1), a chamada f(b) retorna b.name('foo', bar=1).

Equivalente a:

def methodcaller(name, /, *args, **kwargs):
    def caller(obj):
        return getattr(obj, name)(*args, **kwargs)
    return caller

Mapeando os Operadores para suas Respectivas Funções

Esta tabela mostra como as operações abstratos correspondem aos símbolos do operador na sintaxe Python e as funções no módulo operator.

Operação

Sintaxe

Função

Adição

a + b

add(a, b)

Concatenação

seq1 + seq2

concat(seq1, seq2)

Teste de Contenção

obj in seq

contains(seq, obj)

Divisão

a / b

truediv(a, b)

Divisão

a // b

floordiv(a, b)

E Bit a Bit

a & b

and_(a, b)

Ou Exclusivo Bit a Bit

a ^ b

xor(a, b)

Inversão Bit a Bit

~ a

invert(a)

Ou Bit a Bit

a | b

or_(a, b)

Exponenciação

a ** b

pow(a, b)

Identidade

a is b

is_(a, b)

Identidade

a is not b

is_not(a, b)

Atribuição Indexada

obj[k] = v

setitem(obj, k, v)

Eliminação Indexada

del obj[k]

delitem(obj, k)

Indexação

obj[k]

getitem(obj, k)

Left Shift

a << b

lshift(a, b)

Módulo

a % b

mod(a, b)

Multiplicação

a * b

mul(a, b)

Multiplicação de Arrays

a @ b

matmul(a, b)

Negação (Aritmética)

- a

neg(a)

Negação (Lógica)

not a

not_(a)

Positivo

+ a

pos(a)

Right Shift

a >> b

rshift(a, b)

Atribuição de Fatiamento

seq[i:j] = values

setitem(seq, slice(i, j), values)

Remoção de Fatiamento

del seq[i:j]

delitem(seq, slice(i, j))

Fatiamento

seq[i:j]

getitem(seq, slice(i, j))

Formatação de Strings

s % obj

mod(s, obj)

Subtração

a - b

sub(a, b)

Teste Verdadeiro

obj

truth(obj)

Ordenação

a < b

lt(a, b)

Ordenação

a <= b

le(a, b)

Igualdade

a == b

eq(a, b)

Diferença

a != b

ne(a, b)

Ordenação

a >= b

ge(a, b)

Ordenação

a > b

gt(a, b)

Operadores in-place

Muitas operações possuem uma versão “in-place”. Listadas abaixo, as funções fornecem um acesso mais primitivo as operadores locais do que a sintaxe usual; por exemplo, a instrução x += y é equivalente a x = operator.iadd(x, y). Outra maneira de colocá-lo é dizendo que z = operator.iadd(x, y) é equivalente à instrução composta z = x; z += y.

Nesses exemplos, note que, quando um método in-place é invocado, a computação e a atribuição são realizadas em duas etapas separadas. As funções in-place listadas abaixo apenas fazem o primeiro passo, invocando o método in-place. O segundo passo, a atribuição, não é tratado.

Para os casos imutáveis, como as Strings, números e tuplas, o valor atualizado será calculado, mas não será atribuído de volta à variável de entrada:

>>> a = 'hello'
>>> iadd(a, ' world')
'hello world'
>>> a
'hello'

Para alvos mutáveis tal como listas e dicionários, o método in-place vai realizar a atualização, então nenhuma atribuição subsequente é necessária:

>>> s = ['h', 'e', 'l', 'l', 'o']
>>> iadd(s, [' ', 'w', 'o', 'r', 'l', 'd'])
['h', 'e', 'l', 'l', 'o', ' ', 'w', 'o', 'r', 'l', 'd']
>>> s
['h', 'e', 'l', 'l', 'o', ' ', 'w', 'o', 'r', 'l', 'd']
operator.iadd(a, b)
operator.__iadd__(a, b)

a = iadd(a, b) is equivalent to a += b.

operator.iand(a, b)
operator.__iand__(a, b)

a = iand(a, b) is equivalent to a &= b.

operator.iconcat(a, b)
operator.__iconcat__(a, b)

a = iconcat(a, b) é equivalente a a += b onde a e b são sequências.

operator.ifloordiv(a, b)
operator.__ifloordiv__(a, b)

a = ifloordiv(a, b) é equivalente a a //= b.

operator.ilshift(a, b)
operator.__ilshift__(a, b)

a = ilshift(a, b) é equivalente a a <<= b.

operator.imod(a, b)
operator.__imod__(a, b)

a = imod(a, b) é equivalente a a %= b.

operator.imul(a, b)
operator.__imul__(a, b)

a = imul(a, b) é equivalente a a *= b.

operator.imatmul(a, b)
operator.__imatmul__(a, b)

a = imatmul(a, b) é equivalente a a @= b.

Novo na versão 3.5.

operator.ior(a, b)
operator.__ior__(a, b)

a = ior(a, b) é equivalente a a |= b.

operator.ipow(a, b)
operator.__ipow__(a, b)

a = ipow(a, b) é equivalente a a **= b.

operator.irshift(a, b)
operator.__irshift__(a, b)

a = irshift(a, b) é equivalente a a >>= b.

operator.isub(a, b)
operator.__isub__(a, b)

a = isub(a, b) é equivalente a a -= b.

operator.itruediv(a, b)
operator.__itruediv__(a, b)

a = itruediv(a, b) é equivalente a a /= b.

operator.ixor(a, b)
operator.__ixor__(a, b)

a = ixor(a, b) é equivalente a a ^= b.