Introdução

A “biblioteca Python” contém vários tipos diferentes de componentes.

Ela contém tipos de dados que seriam normalmente considerados como parte “central” de uma linguagem, tais como números e listas. Para esses tipos, o núcleo da linguagem Python define a forma de literais e coloca algumas restrições em suas semânticas, mas não define completamente as semânticas. (Por outro lado, o núcleo da linguagem define propriedades sintáticas como a ortografia e a prioridade de operadores.)

A biblioteca também contém exceções e funções embutidas – objetos que podem ser usados por todo o código Python sem a necessidade de uma instrução import. Alguns desses são definidos pelo núcleo da linguagem, mas muitos não são essenciais para as semânticas principais e são apenas descritos aqui.

A maior parte da biblioteca, entretanto, consiste em uma coleção de módulos. Há muitas formas de dissecar essa coleção. Alguns módulos são escritos em C e colocados no interpretador do Python; outros são escritos em Python e importados na forma de código. Alguns módulos fornecem interfaces que são muito específicas do Python, como imprimir um stack trace (situação da pilha de execução); alguns fornecem interfaces que são específicas para um sistema operacional em particular, tais como acessar hardware específico; outros fornecem interfaces que são específicas de um domínio de aplicação em particular, como a World Wide Web. Alguns módulos estão disponíveis em todas as versões do Python; outros estão apenas disponíveis quando o sistema subjacente suporta ou necessita deles; e ainda outros estão disponíveis apenas quando uma opção de configuração em particular foi escolhida no momento em que o Python foi compilado e instalado.

Este manual está organizado “de dentro para fora”: ele primeiro descreve as funções inclusas, tipos de dados e exceções, e finalmente os módulos, agrupados em capítulos de módulos relacionados.

Isto significa que, se você começar a ler este manual do início, e pular para o próximo capítulo quando estiver entediado, você terá uma visão geral razoável dos módulos disponíveis e áreas de aplicação que são suportadas pela biblioteca Python. É claro, você não tem que ler como se fosse um romance — você também pode navegar pela tabela de conteúdos (no início do manual), ou procurar por uma função, módulo ou termo específicos no índice (na parte final). E finalmente, se você gostar de aprender sobre assuntos diversos, você pode escolher um número de página aleatório (veja module random) e leia uma seção ou duas. Independente da ordem na qual você leia as seções deste manual, ajuda iniciar pelo capítulo Funções embutidas, já que o resto do manual requer familiaridade com este material.

E que o show comece!

Observações sobre disponibilidade

  • Uma observação “Disponibilidade: Unix” significa que essa função é comumente encontrada em sistemas Unix. Não faz nenhuma reivindicação sobre sua existência em um sistema operacional específico.

  • Se não for observado separadamente, todas as funções que afirmam “Disponibilidade: Unix” são suportadas no Mac OS X, que é baseado em um núcleo Unix.